sábado, 17 de novembro de 2007

LEONARDO BOFF ESCREVEU

Publicado hoje nos jornais, o pensador Leonardo Boff escreveu longo artigo, do qual extraimos as seguintes partes:
"Os atuais cenários sombrios sobre o futuro do sistema vida e especificamente da espécie humana permitem que biólogos, bioantropólogos e astrofísicos aventem o possivel desaparecimento da espécie homo sapiens/demens ainda neste século. O mais robusto parece ser aquele da superpopulação articulada com a dificuldade de adaptação às mudanças climáticas. Na escala biológica verifica-se um crescimento exponencial. A humanidade precisou de 1 milhão de anos para alcançar em 1850 1 bilhão de pessoas. Prevê-se que, por volta de 2050, haverá 10 bilhões de pessoas. É triunfo ou dano? Há explosão demográfica e decrescimento dos meios de vida num planeta limitado. Sinal precursor de nossa próxima extinção? Dada a pressão industrialista global sobre a biosfera estão desaparecendo 3.500 espécies por ano. Um desastre biológico. Será que agora não chegou a nossa vez?"
Esses são os principais trechos. Em palestra proferida no princípio deste ano em Brasília, Leonardo Boff enfatizou a gravidade da degradação ambiental. Chegou até a dizer, de relance, que era muito séria a questão populacional. Agora, no citado artigo, foi ele mais explícito e diz claramente que estamos à beira do precipício. Tenho lido todos os seus artigos, publicados semanalmente, e ainda não abordou a questão principal que seria o enfrentamento do problema. Conhecimento sobre esse aspecto creio que não lhe falta, pois ele já deve ter lido meu livro "Agora ou Nunca Mais" que versa sobre o assunto e alí pode obter subsídios para expor, com sua inteligência e cultura, uma abordagem mais desassombrada. Aguardemos.

2 Comentários:

Às 2 de janeiro de 2008 10:44 , Blogger fpgom disse...

OS FOGOS SÃO NOCIVOS

Enquanto os seres humanos não despertarem a consciência gnoseolística haverá fogos.

Todas as viradas de ano são estourados em todo o planeta toneladas de fogos poluindo a natureza.

Os hospitais todos os anos ficam cheios de vitimas que são queimados com estes artefatos e muitos perdem os membros e ficam aleijados e até morrem o que causa muita dor as seus familiares.

A maioria dos animais têm os ouvidos muito sensíveisl e os estrondos dos fogos fazem um mal que causam muitos danos.

Os amimais intelectuais equivocadamente chamado de humanos, se acham os sabichôes mais são uns ignorantes nem sabem o que é consciência ( com a essência ) e só vivem com os seus próprios egos.

A imprensa corrupta ainda elogia estas barbaridades e ainda falam que estão a favor da preservação da natureza, ecologia etc, que hipocrisia...

Está humanidade perdida não sabe que a natureza dará a resposta com novas tragédias, e vamos nos lamentar...


Devemos ensinar com o nosso exemplo. só assim podemos dar um discernimento as nossas crianças.

SENDO ASSIM, QUE FUTURO TEREMOS?


Francisco

 
Às 21 de janeiro de 2008 08:14 , Blogger Maurício disse...

Caro Fpgom,

Você tem razão. Mas a questão de fogos é somente uma das barbaridades cometidas por esse animal destruidor da obra da Natureza. Você sabe das ações irresponsáveis cometidas em outras áreas.
Convido-o a participar com suas idéias dos esforços dos ambientalistas para que se unam e, assim, fortaleçam o movimento de conscientização de que a ganância do sistema econômico está destruindo nossas condições naturais de vida. O assunto é vastíssimo; não pode ser abordado em um simples comentário.
Convido-o a ler o meu livro "Agora ou Nunca Mais", onde o assunto fica definitivamente tratado.
Um abraço,
Maurício Gomide Martins

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial