quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

ARCA DE NOÉ PARA VEGETAIS


A notícia mais sintomática dos tempos em que estamos vivendo foi amplamente divulgada pela imprensa escrita, televisão, rádio e internete. A notícia em si já é impressionante, mas o que mais chamou nossa atenção foi o título dado pelo ambientalista Antídio Santos Teixeira ao seu texto, publicado no blog “debatadesvendeedivulgue”, no qual divulga a notícia nos seguintes termos: “Os noticiários da semana passada divulgaram que os noruegueses construíram um depósito sob uma montanha a 1.000 km do Pólo Norte, no qual armazenaram as mais variadas sementes da flora de todo mundo, com a finalidade de salvar as espécies, em caso de desastre ambiental. O que vocês acham disso?” Ao seu artigo deu o título síntese: ARCA DE NOÉ PARA VEGETAIS. Reparem que só o título já diz tudo.
A propósito, fiz naquele blog o seguinte comentário: “A atitude dos noruegueses, gastando um dinheiro grosso, não deve ser infundada. Eles já enxergaram o que muita gente ainda não viu. Interessante é a semelhança desse fato com a preocupação do personagem Candota (do livro Agora ou Nunca Mais) em preservar livros em bibliotecas subterrâneas. Afinal, a motivação é a mesma. Gente, gente, já estamos na reta final!…”
Nesta oportunidade, desejo frisar que a ameaça de degradação irreversível do planeta é séria, real e pede ação radical com urgência. Conscientizem-se dessa ameaça e percebam que somente um governo mundial, efetivo, forte, incisivo, pode reverter a situação extravagante em que a ganância humana por bens materiais levou nossa querida Terra.
E muita gente ainda fala e defende “desenvolvimento sustentável”, caminho irracional ideado pelos comandantes endinheirados das empresas do lucro e pela mídia servil. A esses não interessa outro resultado que não seja o lucro. “Desenvolvimento sustentável” é a cocaína mental que vem sendo distribuída gratuitamente aos ambientalistas de boa fé. É o uso ferramental proporcionado pela Psicologia, bela ciência, ora apropriada para condução das massas humanas, com objetivos de resultados sonantes. Lamento pelos ingênuos, vítimas inocentes dessa armação suicida.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial